quarta-feira, 22 de junho de 2011

Todos iguais, todos diferentes…

Dizem que pelos menos duas vezes na vida todos somos iguais: Ao nascer e ao morrer.

Nada podia ser menos verdade. Alguns continuam a receber subsídios, mesmo depois de falecidos. Outros, também já falecidos, continuam a trabalhar, o que é louvável e se descoberto pelo governo, pode tornar-se até obrigatório… O pior é que estes mortos receitavam medicamentos a doentes…também mortos!

Até aqui, ainda se poderia tolerar, habituados como estamos aos escândalos sucessivos e crescentes. O que me irrita mesmo é a questão do pagamento do subsídio de fixação, sem retenção de IRS. Tenham lá paciência, mortos ou vivos. É pagar como toda a gente!


E finalmente compreendi a extrema dificuldade e exigência dos concursos para coveiro, contrariamente à facilidade de nomeação de assessores… Só pode vir daqui.

10 comentários:

  1. :)))Apoiado!! Igualdade de direitos, igualdade de deveres!!! Mortos ao Governo já agora!!! :)))))Não podiam fazer pior do que os que sairam...rrsss
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Há dois anos que já se falou dos mortos que continuavam vivos, e sempre me fez confusão por ninguém se preocupar em resolver esta situação, apesar de saber que as Juntas de Freguesia recebiam de acordo com o nº de eleitores registados nos cadernos eleitorais... mas afinal... os mortos serviam para muito mais... ainda dizem que temos uma produtividade baixa... nem sei como temos conseguido subsidiar tantos mortos... ;)
    Claro que todos devem pagar... e as mordomias extra-ordenado deviam acabar, carros, gasolina para o próprio, família, amigos, conhecidos, cartões de crédito,... há por aí gente que nestes pintassilgos ;)) tira mais 2 ordenados... sem peles nem espinhas ;)))

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. lol

    Diz lá que o nosso país não é querido...lol

    ResponderEliminar
  4. Eva.,
    Os mortos sempre seriam mais sérios ,que estes vivos que lá andaram...
    ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Isa,
    Não é só nos cadernos eleitorais...
    Esta questão é como a dos submarinos. De vez em quando vem ao de cima. Espero que agora tratem do rombo no casco ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. M.,
    Querido e fofinho. Alcochoado a cetim branco...

    ResponderEliminar
  7. Pseudo,
    O Nobre ou os outros? Ou o caixão onde enterraram o bom senso?

    ResponderEliminar
  8. Podia ser que com algum morto como candidato ao governo, a abstenção baixaria????

    ResponderEliminar
  9. Sónia Luciano,
    Pode ser que resulte! Com os vampiros não tem resultado muito. E obrigado pela visita....

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio