quarta-feira, 8 de junho de 2011

O prémio EDP

Manda o new-gov, a bem da competitividade, do reforço do tecido empresarial, do estímulo ao empreendedorismo e à dinamização da E-conemia, instituir um novo prémio, para as empresas: O troféu EDP. O troféu EDP será atribuído anualmente por um júri, de personalidades distintas dos vários sectores da E-conemia, integrando forças vivas da sociedade e representantes do mundo Hacadémico.

O processo de atribuição dos 50 prémios anuais será regulamentado em portaria a publicar no prazo de um mês, contado a partir da data de publicação deste diploma, ficando o Instituto da Galhofa, do Riso Sarcástico e da Gargalhada nomeado gestor do processo.

Poderão candidatar-se ao troféu EDP, Empresa Devidamente Phodida, as empresas que percam, pelo menos 90% do seu Imobilizado Corpóreo, sendo que o total do activo não pode ter uma diminuição inferior a 85%. As viaturas ao serviço dos quadros da empresa não poderão ter mais do que 4 anos, contados a partir da data da matrícula.

Em cada mandato, o passivo terá que ter um aumento de 50%, sendo que o endividamento terá que apresentar um crescimento de, pelo menos, 50%. As empresas candidatas a este importante prémio poderão ter suprimentos, desde que em acta do Conselho de Administração não fique fixada uma taxa para os juros.

O prazo médio de pagamento a fornecedores deverá ser, no mínimo, de 8 meses.

Em caso algum poderão ser aceites candidaturas de empresas que cumpram o artigo 35 do Código das Sociedades Comerciais.

As vendas, no período em análise, terão que se manter ou diminuir, situação preferencial, e a ter havido investimentos terão que ser em áreas não fundamentais para a empresa. O aumento dos custos com Rendas e Alugueres será valorado, assim como os aumentos nas rubricas de Honorários e Trabalhos Especializados. Serão especialmente valorados investimentos em decoração, tais como mobiliário e estofos, cortinados, quadros e pinturas de paredes. Empresas que façam este tipo de investimento devem ter um envelope com todas as facturas, não discriminadas, e notas de débito da entidade que as pagou, correspondentes ao exacto valor das aquisições. Os trabalhos não podem ser acompanhados por ninguém profissional.

São critérios muito exigentes, mas a situação difícil que o país atravessa exige um esforço colectivo e, em especial, dos quadros das empresas. Este prémio destina-se a reconhecer esse esforço das empresas.

Será nomeada uma comissão para criar a imagem do troféu, Empresa Devidamente Phodida. As empresas vencedoras terão, obrigatoriamente, que inscrever a distinção “Empresa Devidamente Phodida”, com lettering próprio, em todos os documentos, sejam eles de uso interno ou não.

Publique-se, a bem da descapitalização.

Nota: Este texto segue o Acordo Ortográphico, nos termos da liberdade de graphia. Explicações adicionais sobre o acordo seguido pelo autor podem ser encontradas no artigo “Nem Phode nem sai de cima”, a publicar em data a anunciar, juntamente com as Chrónicas do Valle da Ironia, de Anthónio Bernardo Rhisos y Rhisos.

11 comentários:

  1. O que fazes aqui é perigoso...Um boy pode chegar aqui e fazer copy paste e depois vamos ter que os aturar...

    lol Tu um dia vais preso!!!!

    ResponderEliminar
  2. M.,
    Não me denuncies, sff ;)
    Acho que tenho de voltar aos tachos...

    ResponderEliminar
  3. inFelizmente, cumpro o artigo 35 do código... e não me posso candidatar! Não só perco mensalmente metade do capital, como perco o capital todo!!!!! :)Concordo com a M.!! Se te prenderem, eu nunca te vi mais gordo tio!!! Mas se me torturarem, eu sou capaz de ceder e dizer onde moras, rrrsssss O melhor, é voltares para os tachos, rrss...também tu?? :)) Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Até sinto pena pela comissão encarregue de examinar as candidaturas, cheira-me que vão trabalhar até à exaustão!

    ResponderEliminar
  5. Eva,
    Espero que não te torturem!!! Não deixes. Recusei os tachos e agora ando a apanhar sauteuses. Woks nem vê-los...
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Rafeiro Perfumado,
    Pois é! Mas vão ser muito minuciosos..

    ResponderEliminar
  7. Essa do tiozinho querer voltar aos tachos... nunca tive essa sorte... só tenho panelas... e cada vez mais vazias lol

    Bjos

    ResponderEliminar
  8. Se voltas aos tachos...Vais encontra-los todos:)

    Dá-lhes!!!

    ResponderEliminar
  9. Isa,
    Últimamente só tenho areado tachos e panelas...Com palha de aço, da antiga ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. M.,
    Pois, o objectivo é mesmo partir a louça, palamenta e tudo o que puder :)

    ResponderEliminar
  11. Palha de aço?
    Agora há uns mais modernos... uns verdinhos.
    E mesmo que fique o fundo do tacho queimado por esturricar a comida (por se estar distraído na net) põe-se um pouco de água com vinagre... ferve um bocadinho, salta quase tudo e poupa-se na palha de aço ;)

    Bjos

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio