sexta-feira, 3 de abril de 2009

Huga ou Vanesso?

Que pesadelo tive esta noite...Anda agora, apesar deste sol que me entra pela janela, estou gelado. Não sei porquê, sonhei com a Santinha, sim com a Santinha, mesmo. Sonhei que estava grávida (espero que não seja premonitório...) e que tinha decidido que havia de chamar Vanessa ao fruto do seu ventre, para utilizar uma terminologia que lhe é muito querida.

Claro que ecografia é palavra que não faz parte do seu dicionário e, deste modo, apenas pela forma do corpo, vista pelas amigas e pelo espelho (não pensem que por mim) se adivinha o sexo daquele anjinho.

Pois lá decidiu que lhe havia de chamar Vanessa. Mistério insondável, a razão desta escolha. Julgo que é o contraditório (detesto a utilização desta palavra), um nome destes e a criancinha vai culpar a mãe durante toda a vida. Enfim talvez seja esse o desejo secreto da mãe, ser punida, castigada...Porquê? Enfim, nunca somos suficientemente bons e puros e a Santinha, como imaginam, é muito exigente com ela própria.

Mas aconteceu o impensável. Não era uma menina, mas um rapaz...

Havia que decidir rapidamente. Mudar um nome que durante tanto tempo foi pensado e acarinhado? Nunca. E assim nasceu o Vanesso...

Certamente é desta forma que também aparecem as Hugas... Mas, e os Lucílios?

Afinal a personagem do meu sonho não era a minha Santinha... que alívio!

Realmente não podia ser. Agora que o susto passou, e me recordo um pouco o sonho, acho que era uma Lucy qualquer coisa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio