quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Tango. Reis e Rainhas.

Sim, já sei que começa a ser recorrente esta questão. Repetitivo é que não será nunca, quando encontramos um par em que a empatia e cumplicidade nos levam para onde não pensávamos ir. No tango não se pensa. Sente-se.

Há algum tempo escrevia sobre prendas. Nos processos de tomada de decisão, o impulso acontece. E é finalmente óbvio que a emoção faz parte de todos os esses processos e não há, felizmente, nenhum modelo matemático que explique tudo. Menos ainda a sedução. E o imprevisto... Ainda bem.

Depois desta retórica toda, aqui fica este testemunho fantástico...Espero que inspire para o dia 6 e todos os outros até ao final do ano. Feliz 2009 (e lembrem-se que não é o só exterior que conta).

Heart Tango, de Gabriele Muccino. Mónica Belluci está fantástica em todos os papéis...

Para quem quiser a versão integral deste fantástico filme, clique aqui.

3 comentários:

  1. Já vi que o inicío do ano o deixou inspirado.

    ResponderEliminar
  2. O que estraga tudo por vezes é pensarmos demais. Se apenas sentíssemos....

    Aproveito para te agradecer a visita lá a casa. Volta sempre. A porta fica encostada.

    ResponderEliminar
  3. Os vossos comentários é que me inspiram JS..

    Agradeço o teu comentário XS.
    É mesmo como dizes. Já dizia o povo: Quem muito pensa...
    Obrigado por não fechares a porta!

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio