quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Lisbon by night

Tive há dias (ou há noites) um encontro inesperado... Já não a via há muitos anos. Claro que quando digo muitos, estou a referir-me a muitos-alguns, não a muitos-muitos. Precisamente desde os primeiros anos de faculdade, ou seja: Há suficientes para não nos termos reconhecido de imediato. Há que referir, em abono do Tio, que apenas nos cruzamos num barzinho giro onde a luz não ajudou...Registei a imagem, mas não identifiquei, no imediato. A cidade também era outra...

Apesar da pouca iluminação, fez-se, de repente, luz em simultâneo. Foi aquele clique. Não. Ainda não foi o do Milo Manara, não pensem logo nesse, sff...

E foi assim olhar-olhar, falar-falar e reconhecer-reconhecer! Fizemos uma festa, claro! Não recuperámos esses anos todos, mas fizemos o up-grade possível, nas circunstâncias.

Achei-a bem, muito bem mesmo. Os anos a mais dão-lhe um charme muito especial. Aquele ímpeto, aquela chama, aquele brilho está lá, mas agora envolvida por uma dose de sedução, charme e sofisticação (ai, ai..) que antes não existia....

Sempre acreditei que o jogo a sério começa aos trinta e cada vez estou mais convencido disso...

Fica-me a esperança de um próximo encontro, com um intervalo muito-muito mais pequeno...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio