terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Nas nuvens...

Atendo o telefone completamente distraído... Uma voz familiar que não reconheço de imediato. Voz quente, simpática, transporta-me de imediato para outros sonhos, sem pensar...
Ouço de repente:

Estás sempre nas nuvens... Sempre nas nuvens, nas nuvens sempre, sempre nuvens, nuvensnuvens, sempre... As palavras ecoam, confundem-se e confundem-me. Sempre nuvens, sempre vens nu? Acordo de repente ao reparar no que havia respondido.

Bolas, é preciso mais atenção, com este telefone...

Mas, vou de qualquer maneira!

2 comentários:

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio