quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Prémio em segredo. Full disclosure…

Recebi há dias um prémio. Coisa rara nos dias de hoje, apenas permitida a alguns. A blogosfera tornou possível a atribuição, a partilha e a divulgação em simultâneo. Falei na Maria Bolacha e eis que sou presenteado com um pacote. Não um pacote qualquer, o pacote da rainha! Das bolachas, claro.

E logo eu que não posso ver um pacote à minha frente! Suponho que não tenha sido com as reacções a um pacote que Pavlov se inspirou para o estudo dos reflexos condicionados, mas poderia muito bem ter sido, que funciona na perfeição. Mostrem-me um pacote apetitoso e eis que as glândulas salivares começam a dar sinal….

O que é certo que ganhei este prémio que divido com a Julie d’Aiglemont com muita satisfação, pois foi ela a vencedora. Assim, para além do primeiro prémio fica também com metade do segundo. A origem do nome Aiglemont não vem da célebre Rua do Porto, perto da Rotunda da Boavista, mas sim do Honoré (também não é do Faubourg St Honoré - só pensam em compras!!!!) mas sim do Balzac, claro.

Voltando ao suculento prémio. La Femme de trente ans não era o que a Pseudo estava a ler. Era segredo, mas não o era sétimo. Era o Terceiro. Como dei mais do dobro que o esperado (um pouco à maneira de quem espera dar mais, para surpreender o cliente), acabei por ser contemplado e o segredo foi finalmente revelado. Este verso foi acidental, mas verdadeiro e como um agradecimento, só o é de facto quando tornado público, aqui vai a revelação total do prémio ganho com tanto esforço (foram várias tentativas...). Sem mais delongas, aqui vai o pacote das minhas bolachinhas preferidas,

Sensibilizado e reconhecido,



António Bernardo Risos, aka Tio do Algarve

E foi este o pacote:

8 comentários:

  1. Falas do Pavlov e imagino logo o pobre do cão a salivar...

    Mais um post delicioso (ok, sou sincera... as bolachas seriam mais ainda desde que barradas com marmelada...) com que nos brindas mas que não resisto em fazer um "piqueno" reparo: como é que consegues estar a falar de bolachas e usar relativamente a elas o adjectivo «suculento»?
    É que se não forem acompanhadas por um chá ou até um copito de leite, as ditas bolachas podem até entalar. (hihihihi)

    Brincadeira...

    Vou ter de ir espreitar o blogue da PSEUDO para entender de que segredos falas... :)

    Vou rematar com uma associação de ideias que aqui partilho:
    ligando o cão de Pavlov com a nossa amiga Julie, também ela galardoada, não pude deixar de me lembrar deste tema musical que adoro...

    http://www.youtube.com/watch?v=R6uexPmL0fk

    Beijinhos redondos [como uma bolacha]
    :)

    ResponderEliminar
  2. Tio, este teu post faz-me pensar acerca do que escreverias caso eu te tivesse premiado com um pacote de bolachas Belga ou Raínha :P

    (Só tu para me fazeres sorrir sorrateiramente :P)

    ResponderEliminar
  3. Que bela cumplicidade encontrei aqui e não falo só das bolachas :))
    vou espreitar o causadores destes apetites :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Orquídea Selvagem,
    Não sou tão peludo como o espécime da experiência (ía escrever espécimen, mas contive-me...).

    Agradeço a tua sinceridade, também no reparo que fazes...Fica-se na dúvida se o suculento se referia ao prémio ou ao pacote (pela fotografia parece apetitoso e suslento...)
    ;)
    Desejo-te boas visitas à Pseudo, que parece ser pseudo apenas de nome e agradeço o link da música. Não conhecia e gostei imenso.

    Au, Au (beijos em lingua de cão)
    :))))

    ResponderEliminar
  5. Pseudo,
    Sou homem, mas também gosto de receber prendas...Experimenta...

    Se forem as Belgas posso usar outra lingua? O flamengo deixa-me com a boca seca...
    ;)

    ResponderEliminar
  6. Fê,
    A blogosfera tem destas coisas fantásticas...Visite a casa da Pseudo e fique a saber o segredo. E olhe que não é a casa dos segredos...
    Bjs

    ResponderEliminar

  7. Deram-me as saudades... se calhar foi mais fome... e vim comer uma Bolacha Maria!


    Beijinhos sem migalhas
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Afrodite!
      Bem vinda a este regresso ao passado! Também tenho saudades do tempo em que escrevia sobre outras coisas ;-) Olha, umas bolachinhas com chá de rooibos, era o que vinha a calhar!
      Beijinhos

      Eliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio