domingo, 21 de setembro de 2008

Homem Objecto

Imagino que não sou propriamente original quando me auto intitulo Homem Objecto. Sem qualquer complexo, de forma descomprometida...
Até acredito que haverá muita gente que também não se importe de ser objecto. Depende do objecto, para que serve e por quanto tempo é o uso. Se for pouco, tipo descartável, não faz mal. Se for muito tempo é que começa a custar...
Dizem algumas Mulheres que há cada vez menos Homens. Não me considero parte de uma espécie em vias de extinção mas, numa época de maior exigência e rigor, em vez de Homem Objecto, acho que estou a evoluir para Animal em Vias de Estimação.

Ultimamente tenho andado mais atento ao vocabulário.

1 comentário:

  1. Meu Deus, e eu que procuro um Homem Objecto há já tanto tempo...:)

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio