quinta-feira, 17 de abril de 2008

As nossas rainhas

Sinto que me estou a desviar das intenções iniciais neste blog, mas uns dias de passeio com uma grande amiga, esta questão do sermos ou não suficientemente românticos e última campanha da Triumph (é uma marca registada) dão ânimo para este pequeno desabafo. Desabafo e descomprometido pois sei que não vai chegar a todas as destinatárias, que são como já se percebeu, as Mulheres portuguesas. Não confundir com as espanholas, alemãs, etc. É às mulheres portuguesas que me dirijo e é a elas que quero expressar a minha admiração. Desta vez não é às tias (terá que ficar para a próxima, minhas fofas!), mas às mulheres reais, tipo Dove (outra marca...) que agora estão a aparecer bronzeadinhas...

Mas a cereja no topo do bolo (já estavam a pensar noutra coisa, aposto) foi a campanha da Triumph, que fui observando no meu tour desta semana, em Lisboa e, sobretudo, no Algarve. Sim, porque com mais luz vê-se melhor e com mais calor também se sente melhor, apesar da companhia não ter sido favorável a desviar os olhos para esse tipo de anúncios…Desculpe minha querida mas não pude deixar de ver os montes de anúncios espalhados por aí.

Dizia-me há algum tempo outra amiga que estava de farta de ver o marido a ler a FHM... Que lhe podia dizer? Que o tipo era cego? Totalmente cego não seria, pois se o fosse não lia...apesar de que, neste caso, ninguém está mesmo a ver nada…. Acabei por lhe dizer, sem mentir, que esse tipo tinha muito melhor em casa, e de carne e osso, do que as meninas dessas revistas masculinas... Certamente é parvo para além de insultuoso!

É a estas mulheres todas que quero dizer como são fantásticas e mereciam melhor. Mereciam mais romance, aventura, carinho, mais atenção e, sem dúvida, melhor sexo deste tipo de maridos.
Estas Mulheres que se levantam enquanto os seus maridos ainda ficam na cama, que acordam os filhos, escolhem as roupas, os vestem, lhes arranjam as pastas, lhes fazem o pequeno-almoço, saem de casa para o trabalho (ainda tiveram que se vestir e arranjar a elas próprias) e muitas vezes deixar o almoço ou o jantar pronto e dar instruções a correr à mulher-a-dias. Estas mulheres que adoram as suas profissões porque as fazem sentir vivas e capazes, contrariamente às suas vidas familiares, no fim do dia ainda fazem o processo ao contrário e depois de tudo arrumado se atiram para a cama, cansadas, não terão no seu dia-a-dia direito a uns mimos? E que dizer daquelas, depois de um dia destes, que se se repete continuamente, ainda conseguem ter sexo, mesmo que medíocre, com os seus maridos? Não são Mulheres, são umas Super Mulheres.

Estas mulheres que depois destes dias de magnífico desespero e constante stress encontram tempo para ir arranjar o cabelo, ir à depilação, levar os filhos ao médico, apanhar umas secas à espera, ainda têm coragem, à noite, de vestir uma lingerie como a do anúncio da Triumph, são Mulheres que merecem mais. Merecem tudo o que lhes pudermos dar.

Merecem uma surpresa à hora do almoço, de manhã, à tarde ou à noite. Merecem ser acarinhadas e acariciadas, merecem sexo de grande qualidade.
Merecem e precisam de alguém que as ouça e com quem possam conversar. Merecem alguém que lhe dê mais do que aquilo que quer receber.
Merecem alguém que as faça sorrir, que as divirta, que as ocupe e preencha, mas que também lhes dê espaço e liberdade.
Merecem alguém que saiba aceitar uma nega de vez em quando, com o maior fairplay do mundo.
Merecem que um homem vos diga que detestou aquele anúncio da Clínica Persona (outra marca registada) que dizia que os homens não gostam de celulite. Os homens verdadeiros não gostam é de parvoíces desse tipo e não tem medo de o dizer. Os homens verdadeiros são capazes de oferecer uma escapadinha a dois, com ou sem celulite. Os homens a sério aceitam uns kilitos a mais das suas mulheres e ajudam nos esforços para o reduzir.

Minhas queridas rainhas dos lares e de copas por esse Portugal fora, não desistam de procurar, de dar, mas também de exigir. Não desistam de dizer aos vossos maridos (e têm tantas maneiras de o fazer…) que há vida para além da rotina do dia a dia!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio