domingo, 11 de março de 2012

Goa, Damão e Diu


Para por a escrita em dia, mais do que para recordar os bons tempos da faculdade, lá fomos comer uma francesinha ao Diu, verdadeiro lugar de culto, da Invicta, para a rapaziada da minha geração.
Estávamos tranquilamente a saborear as ditas cujas, quando fomos interpelados por umas jovens simpáticas que recolhiam informação para um inquérito aos hábitos sociais dos portugueses.
Claro que acedemos a colaborar, em troca de recebermos informação privilegiada sobre o resultado do estudo. Leia-se: os telefones das miúdas. Não perceberam as intenções da rapaziada e hoje recebi o mail, com a versão draft do relatório:
  • 20% dos Portugueses casam-se, pela primeira vez, depois dos 40 anos.
  • 40% dos Portugueses chegam aos 40 anos com dois casamentos
  • 100% dos portugueses são leais e fiéis às suas mulheres, de acordo com declarações prestadas antes de beberem 4 finos (ou imperiais...). Depois desse nível, já admitem alguns momentos em que não se recordam do que aconteceu, nem como começou. Mas negarão sempre qualquer história que lhes atribuam.
  • 80% dos portugueses conhecem as palavras lealdade, fidelidade, solidariedade, compromisso mas não sabem exactamente o seu significado, mesmo antes de ingerir qualquer bebida alcoólica ou não.
  • 20% dos portugueses assume ter um blog
  • 40% tem dois avatares, ou mais
  • 60% dos portugueses tem mais de 4 endereços de email
  • 20% declara ter apenas um endereço
  • 20% admite ter declarado ter um, mas tem mais de dois endereços de email
  • 100% está farto de ser insultado pelos políticos.
  • 200% Não se importam de voltar a ser inquiridos pelas mesmas entrevistadoras, mas noutro local
  • 60% das entrevistadoras gostava de voltar a entrevistar os mesmos inquiridos outra vez
E Damão e Diu? 80% dos inquiridos dizem já ter dado a mão a alguém. 20% declara já ter dito: Larga-me damão, senão temos o caldo entornado...
Diu? 100% das inquiridoras declara conhecer essa cidade, mas prefere outras mais seguras. 100% dos inquiridos dizem que mesmo sem risco de chuva convém levar gabardine. É mais seguro. A única excepção é ficar em casa, na Lapónia...(Ainda há quem acredite no Pai Natal...)

Infelizmente, esta amostra de inquiridos nunca mais se poderá voltar a reunir, ficando de fora a possibilidade da replicação do estudo, noutro momento, com a mesma amostra. Com pena minha… Fico com a dica para abordar a questão amostral noutra oportunidade…



14 comentários:

  1. e Goa?

    um caril e um mar da monção

    um abraço

    ResponderEliminar
  2. Isto de percentagens... nunca fico muito convencida.
    No outro dia tive uma sondagem por telefone... mas não pude responder porque não estava entre os limites da idade que eles queriam nem era do sexo pretendido... para aquele estudo... não existo lol

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Manuela Baptista,
    Excelente solução para o problema...E pode ser que o caril tenha propriedades refrescante da memória, que a faça resistir às monções :-)
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Isa GT,
    Acontecem muitas situações dessas nas amostras por quotas...Sei que parece estranho para quem está a ser entrevistado (a mim também já me aconteceu - quando tinha telefone)!

    Mas para quem entrevista também não é fácil!
    bjs

    ResponderEliminar
  5. Caro Tio do Algarve, obrigada pela visita e pelo comentário n'A biblioteca de Jacinto. Volte sempre.
    PS: Também sou sportinguista" :-)

    ResponderEliminar
  6. Nunca respondi a um inquérito. Acho que não calhou. Mas acho que não resistia a mandar umas piadas o que estragava a coisa toda...

    ResponderEliminar
  7. MCA,
    Tive muito gosto na visita à Biblioteca e vou voltar.

    PS: também percebi :-)

    ResponderEliminar
  8. Daniel,
    Mais um pouco e as entrevistadoras ficavam lá.Não havia mais inquiridos...

    ResponderEliminar
  9. Tanta informação mas não vi o telefone das entrevistadoras em lado nenhum! Endereços de e-mail? Acho que tenho sete! Abraço!

    ResponderEliminar
  10. Caro Rafeiro Perfumado,
    Tu não estiveste lá, mas podias ter estado!!!! Não posso revelar esses dados confidencias das entrevistadoras, desculpa! Mas prometo se voltar l+a digo com antecedência. O Puerto está muito abançado, carago!
    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Que resultados tao duvidosos? Qual e a margem de erro?! : )))

    ResponderEliminar
  12. Catarina,
    Não +e enorme. É abissal!!! Mas faz parte do jogo. São os enviezamentos introduzidos pelas entrevistadoras :-)

    ResponderEliminar
  13. DIU? Já tive mas depois fiz laqueação!;)

    E claro que se tivessem sido rapazes a tentar fazer as mesmas perguntas os ditos homens nem sequer teriam respondido!! :P
    **

    ResponderEliminar
  14. Malena,
    Essa Lake City é uma cidade muito mais segura e confortável que Diu. É a correspondente feminina da Big V.

    Claro que se tivessem sido rapazes a fazer as perguntas não tínhamos respondido... :P

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio