terça-feira, 26 de maio de 2009

O Conselho de Turma

O dia, no início das aulas lá na Esc-Hola, foi dedicado ao Conselho das Turmas.
A agenda era pesada, com dezassete pontos e os trabalhos iniciaram-se, muito cedo, às 11 horas da manhã, conforme previsto.

Aqui vai a transcrição da Acta que, de acordo com instruções recebidas do Mistério da Inducação, vai ser publicada na Internet, Internette e outras ettes, em formato compatível com o Migalhões:

Aos 27 do mês Abril da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, reuniu-se o Conselho da Turma H da Esc-Hola Secundária número 1882 do Planeta Emp-Reza, na localidade de Santinha, presidida pelo Senhor Presidente do Conselho Executivo, com as presenças do Senhor Presidente do Conselho Geral e do Senhor Director das Turmas. Verificada a legalidade e legitimidade das presenças e respectivas representações e o cumprimento dos procedimentos legais da convocatória, o Senhor Presidente do Conselho Executivo, declarou aberta a sessão e iniciados os trabalhos.

A ordem de trabalhos tinha os seguintes pontos:

1.Programas escolares para os anos de 2010 a 2015
2.Investimentos a realizar na Escola
3.Programa das actividades circum-escolares para o ano lectivo de 2010/2011
4.Estratégias de aprendizagem dos Alunos vindo de outras Escolas
5.Comparativo dos Resultados Escolares do primeiro Semestre de 2009 e 2008.
6.Relações do Conselho Executivo da Esc-Hola e a dialética Conselho-Concelho no Concelho de Santinha
7.A dieta do Professor de Ciências Histórico Filosóficas
8.O novo carro da Professora de Inglês
9.A falta a Moral e Religião do menino Zéquinha no passado dia 9 de Dezembro, ao primeiro tempo da Tarde
10.A falta da mãe do menino Joãozinho à reunião de Pais do passado dia 16 de Dezembro
11.As meias usadas pelo menino Antoninho na aula de Educação Física do dia 7 de Janeiro
12.Investimentos na cozinha e cantina da Esc-Hola, de forma a cumprir a legislação e facilitar a prestação de serviços às novas Turmas.
13.Investimentos na Papelaria e Armazém de Produtos Escolares
14.A toilette da Mãe da Mariana na Festa de Natal da Esc-Hola
15.O ângulo do braço do pai do Zézinho, no Spanish line da abertura do Passodoble, na festa de Natal da Esc-Hola, ao dançar com a mãe do Zézinho
16.O Orçamento de Tesouraria para o segundo semestre de 2009

Antes se entrar na ordem de trabalhos o senhor presidente do Conselho Geral pediu a palavra para reiterar a importância desta reunião e da importância para o desenvolvimento futuro da Esc-Hola de uma adequada afectação de recursos e da implementação das estratégias mais adequadas aos objectivos definidos. Entendeu ainda transmitir o seu apreço ao Senhor Director de Turmas pelo esforço desenvolvido em prol do sucesso da Esc-Hola, assente na satisfação dos Pais dos Alunos e na motivação da aprendizagem transmitida aos alunos que, contrariamente ao que se passava há dois anos, hoje têm vontade de vir para a Esc-Hola e de participar nas actividades lectivas, apesar do maior rigor exigido nos comportamentos.

O Senhor Presidente do Conselho Executivo, pediu a palavra, para solicitar um maior esforço ao Senhor Director de Turmas, reforçando a sua confiança neste caminho e neste objectivos tão sabiamente por ele próprio traçados, mas haveria que dar ainda mais à Esc-Hola, para se conseguir ultrapassar os objectivos fixados, que foram muito conservadores. Foi interrompida a sessão para que pudesse atender uma chamada telefónica de extrema importância, relacionada com uma ida inadiável a uma caçada na semana dos feriados de 10 e 11 de Junho.

Retomados os trabalhos passados trinta minutos, pediu o Senhor Presidente do Conselho Executivo que, não fossem, nesta altura, analisados os pontos 1., 2. e 3. De acordo com a sua opinião, a extensão e importância destes pontos mereceriam por si só uma Assembleia específica para os abordar com a profundidade necessária. Foram assim retirados da Agenda os pontos referidos, por não haver tempo para os tratar com a profundidade desejável. Entrou-se no ponto 4, sendo pedido ao Senhor Director de Turmas que fizesse uma comparação da evolução dos alunos nos dois anos lectivos. Uma chamada telefónica de extrema importância e urgência, provocou nova interrupção nos trabalhos, que foram retomados assim que o Senhor Presidente do Conselho Executivo ficou tranquilo quanto ao estado de saúde da prima da sobrinha da sua empregada doméstica que tinha apanhado um resfriado ao sair do metro, pois que a estação de São Sebastião fechava às 21h30 e tinha saído no Parque. Para fugir a algum mau encontro foi a correr para casa, o que, com a transpiração e o fresco da noite, terá provocado um resfriado. Inteirados desta situação, e devidamente sensibilizados para o problema do estado de saúde da prima da sobrinha da empregada doméstica do Senhor Presidente do Conselho Executivo, foi decidido, por proposta do Senhor Director das Turmas fazer uma Exposição ao Senhor Presidente do Conselho de Administração do Metro de Lisboa SA, a referir os inconvenientes das obras a decorrer na estação de S. Sebastião e solicitar que fossem tomadas medidas para minorar esses inconvenientes. Foi também sugerida a oferta de vales de compra, no Corte Inglês, no montante de 50 euros por semana aos clientes do metro que provassem ter necessidade de sair na Estação de S. Sebastião da Pedreira depois das 21h30.

Devido ao adiantado da hora passou-se para o ponto 5 onde se conclui a necessidade de um maior esforço a ser desenvolvido pelo Senhor Director de Turma, no sentido de se manter a tendência de crescimento verificada nos primeiros meses do ano corrente e nos últimos do exercício passado. Entrados de imediato no ponto 6 foram analisadas os ofícios trocados nos últimos meses e as excelentes relações entre os Conselhos da Esc-Hola e os Conselhos do Concelho de Santinha. Os esforços diplomáticos têm tido excelentes resultados prevendo-se, para breve, um conjunto de acções de divulgação da prática da luta Greco-Romana entre membro dos Conselhos de Esc-Hola e do Concelho de Santinha.

Finalmente, chegados ao ponto 7. foi pedido ao Senhor Director de Turmas que, detalhadamente, explicasse aos Senhores Presidentes dos Conselhos os programas de dieta que têm vindo a ser praticados pelo Professor de Ciências Histórico-Filosóficas. O Senhor Director de Turmas, detalhadamente descreveu os programas de dieta, os resultados que se esperavam atingir, as metodologias usadas nas construções desses programas e os contactos feitos no lançamento desses novos serviços. Referiu ainda com o mais amplo detalhe os contactos feitos com um lente da Universidade de Pu-Erto, responsável pela elaboração dos respectivos programas de alimentação. Mais uma vez o Senhor Presidente do Conselho Executivo pediu ao Senhor Director de Turmas o maior empenho na implementação destes programas de forma a não defraudar as expectativas dos Senhores Presidentes.

Foram então interrompidos os trabalhos para almoço, aproveitando-se esse momento para testar os serviços da cantina da Esc-Hola e dos criados de mesa da cantina, simultaneamente com a análise dos pontos 8. e 9.

Enquanto se degustavam as entradas, foi minuciosamente analisado o novo automóvel da professora de Inglês, em termos de consumo, performances, os critérios estéticos que teriam precedido e fundamentado a compra, a forma de financiamento escolhida, especulando-se sobre os motivos que teriam levado à substituição extemporânea da anterior viatura, praticamente nova, com 14 anos de matrícula e 169.000 Km, ou seja como nova. Concluiu-se que os Professores estariam muito bem remunerados e, como nas Esc-Holas de Pub-Lica, não havia necessidade de proceder a qualquer aumento de ordenado, nos próximos sete anos, até porque se previa deflação no próximo ano. De qualquer modo não estava esta questão na agenda, mas não valeria a pena agendá-la nos próximos anos.

Retomados os trabalhos com o cherne assado no forno, foi decidido retirar o ponto 9 da agenda, uma vez que poderia ter acontecido algo grave, com a saída do aluno da escola durante o horário das aulas e, nessa eventualidade, não interessava apurar responsabilidades, pois poderia acontecer outra vez.

Entrando-se no ponto 10. foram tecidas várias considerações sobre os motivos que teriam levado à falta da mãe do menino Joãozinho à reunião de Pais do passado dia 16 de Dezembro, o que tornou a reunião muito menos interessante, pois não havia mais nenhuma mãe tão interessante, fisicamente, claro, e que usasse saias tão curtas. Eventualmente teria ido comprar umas meias para o menino Antoninho usar em Educação Física, uma vez que é amiga da mãe desse aluno. Não é tão interessante mas, também não é nada de se deitar fora. Entretanto foi equacionada a possibilidade da mãe do Joãozinho ter um caso com o pai do menino Zeferino, que também tinha faltado à reunião. Foi decidido aguardar e verificar em próximas reuniões se faltariam ou, não faltando, se chegariam com um intervalo inferior a 13 minutos, que como se sabe é o número do azar.

No ponto 11. foi decido não se fazer nada, para não traumatizar o aluno, mas dada a possibilidade, aventada, da falta da mãe do Joãzinho se dever à compra das meias para o Antoninho, o Senhor Director das Turmas irá verificar na próxima aula de Educação Física investigar, com a maior delicadeza e sensibilidade a veracidade desta possibilidade. Assim a próxima aula desta disciplina, passará a ser dada pelo Senhor Director das Turmas, que apesar da sua formação em Letras, dará, pela sua imponente robustez física, mal contida no seu 1,67 metros de altura, um excelente professor dessa disciplina. Para não levantar suspeitas sobre a investigação, leccionará todas as aulas de E.F. nessa semana, evitando-se assim a contratação de um Professor substituto, o que representa um economia sensível no magro orçamento da Esc-Hola.

Dada a extensão da ordem de trabalhos e a necessidade imperiosa de tomar decisões, foi decidido analisar os pontos 12. e 13. no final da reunião, para se poder, com mais tempo, abordar estes dois pontos com a profundidade merecida.

A toilette da Mãe da Mariana na Festa de Natal da Esc-Hola, foi o ponto analisado em seguida, tendo sido deliberado que o Senhor Director das Turmas, irá averiguar junto da Professora de Lavores (denominação particularmente querida pela gestão da Esc-Hola), quanto terá custado o vestido usado pela mãe da Mariana na Festa de Natal e se o terá comprado a prestações, pois a empresa onde o marido actualmente trabalha atravessa uma difícil situação económica. O vestido era muito giro e ficava-lhe super bem, rivalizando a mãe da Mariana com a Mãe do Joãozinho, nos seus atributos físicos.

Foi decidido convocar o pai do Zézinho para uma reunião de Pais, onde estaria presente um formador de Passodoble, para fazer formação ao Pai do Zézinho. Não é aceitável um desvio de quase 2º no braço, no Spanish Open, seja em que circunstância for mas, menos ainda numa festa de Natal, com os alunos presentes. Para avaliar dos eventuais danos psicológicos aos alunos presentes, foi decidido contratar a título extraordinário um Psicólogo especializado nesta temática. Por sorte havia uma amiga do Senhor Presidente do Conselho Executivo, com um excelente curriculum e qua ainda era prima em vigésimo quarto grau do dono da agência de viagens que fez as reservas da comitiva portuguesa para a deslocação a Roma com as relíquias de D. Nuno Álvares Pereira o que, só por si, era suficiente para justificar o contrato. O Pai do Zézinho, irá receber aconselhamento e acompanhamento psicológico.

Entrando-se no ponto 16. e uma vez que praticamente se estava a menos de quinze dias do segundo semestre do ano, que se previa superavitário, foi decidido esperar pelo fim desse semestre para verificar se tal acontecia. Entretanto, e de qualquer modo, a proximidade desse período e a constante imprevisibilidade dos alunos, da Escola e do Ministério, era tão grande que nada se poderia fazer.

Dado o adiantado da hora, foi decidido encerrar a reunião lavrando-se a presente acta, que não vai ser assinada por nenhum dos presentes. Os pontos não analisados transitarão para a próxima reunião a celebrar, se possível, ainda neste ano lectivo. E a mousse de chocolate estava excelente (não é para transcrever para a acta este comentário).

1 comentário:

  1. Parabéns pela paciência que teve em escrever este discurso ( acta )
    todo.
    Na próxima reunião de condomínio do prédio onde se situa o meu apartamento, que num aparte devo dizer é uma enorme bandalheira, vejo se o Tio está livre e convido-o para fazer a acta, eu dou uma ajudinha prometo, palavra de TIA ( Terapia Incutida Assistida)

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio