quarta-feira, 27 de julho de 2011

Concertação ou consertação

A palavra "concerto" era utilizada para nos referirmos a um espectáculo de música e a palavra "conserto" a um arranjo….

A partir de hoje, com o novo acordo, apesar da música toda que nos deram, com os arranjinhos que tem havido, concertação social, passa a escrever-se “consertação social”.

Quem insistir em escrever consertação na versão anterior ao acordo (concertação), passará a ser multado. A coima consiste em ouvir o barulho de um comboio de alta velocidade, durante 8 horas seguidas. Para os reincidentes, a coima passará a ser o barulho de um comboio de alta velocidade, misturado com um comboio tradicional no ouvido esquerdo e, no ouvido direito, o do metro de Lisboa. É considerada ofensa grave e a reincidência, ofensa muito grave.

Estão em estudo novos sons, como a mistura de gaivotas com as buzinas dos barcos da Transtejo, ou uma rapsódia das imprecações dos utilizadores de passes combinados, L1, L12 e L123, intercaladas com as dos utilizadores dos STCP e Metro do Porto ao terem que pagar os passes antigos aos novos preços. Esta opção surge com o objectivo de dar mais liberdade de escolha aos prevaricadores no pagamento das coimas e integra-se no Plano Tecno-demagógico para o quinquénio 2011-2015.

Deixo-vos com mais duas homófonas.

A bem da confusão, o vosso tio dedicado.

10 comentários:

  1. E para os reincidentes haverá a pena de ter que ouvir de seguida todas as conferências de imprensa que este ministro das finanças já deu desde que tomou posse.

    ResponderEliminar
  2. Daniel Antunes,
    Bem visto! Para os casos mais graves, até podia ser com som, imagens e legendas...

    ResponderEliminar
  3. Quanto a Passes... daqui, vão perder dois, vou dar mais corda aos sapatos, tirar as teias de aranha à bicicleta e, em caso de força maior, vou ter de usar o automóvel...
    felizmente que posso dar a volta ao problema mas, para quem vive longe do seu local de trabalho e sem outras opções... vai ser complicado.
    Aqui a sobrinha anda muito murcha para comentários... inconscientemente já devo estar a pensar na privatização da água ;)

    Bjos

    ResponderEliminar
  4. Olá!

    Pois é. É o que acontece quando se é pequenino: tanto forçaram que deixaram o Português sem conserto, e ainda por cima vamos ser castigados...não está certo!

    Um abraço.
    Vitor

    ResponderEliminar
  5. Eu já fui um tio Algarvio, agora já sou avô, e o meu português, está assim mais ou menos como está o país, de cabeça para baixo.
    E ao passar por aqui disse de mim para mim,aqui está um belo blog para aprenderes mais alguma coisa.
    E é isso que eu vou fazer vou passar por aqui mais vezes.

    José.

    ResponderEliminar
  6. Tio:
    Eu não me importo de levar com a multa, até sou surda :)
    Mas hoje vim aqui despedir-me, estou de partida para uma pausa merecida.
    Desejo-lhe tudo de bom e em bom português ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Isa,
    A da água já foi...Falta o ar.
    Como eu te compreendo no que dizes sobre escrever.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Vitor Chuva,
    Sem conserto mesmo! Só música :)
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. José,
    Obrigado pela visita! Volta sempre!

    Tio, é sempre Tio, pode é acumular com Avô!!! mas cuidado com os impostos que podes pagar a dobrar...

    O país está de cabeça para baizo..

    ResponderEliminar
  10. Fê,
    Há sempre alguém que terá que se scrificar...
    Boas férias!

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio