quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Viagens trocadas

Normalmente viajo sempre no mesmo lugar. É mais prático, não é preciso perder tempo à procura do lugar certo (qual será o critério de distribuição dos lugares? Mistérios da CP...) e um sem número de vantagens. Desde que se passou a poder comprar na net, que me tornei um dedicado cliente do on-line. Só é pena não poder fazer essas viagens pela net, como faço estas...

Desta vez já estava ocupado o lugar habitual e o Tio teve que reservar outro lugar, noutra carruagem.

Pois é quase impossível não encontrar uma carita conhecida nestes percursos rotineiros, mas o que parecia mesmo muito improvável aconteceu. Não é que o Tio, há tempos, tinha ligado para aí umas três vezes a uma Tia, perdida pelos lugares bons da administração pública, e a fofinha nunca o tinha podido atender? Na última vez, o inocente Titi até tinha insistido com a secretária e deixado uma mensagem toda cócó. Mas nem assim...

Pois coincidência das coincidências, o Tio sentadinho à espera do arranque do bicharoco e quem se senta ao ladinho dele, mesmo do outro lado do corredor (pareceu logo mais estreito, bolas)? A Tia perdida!

Ganda festa e com a maior lata: Então o Titi nunca mais disse nada, etc, etc, Blá, Blá, etc, etc.
Não resisti: Oh querida, não insisti porque já sabia que um destes dias nos íamos encontrar...Leia-se: Esperava nunca mais te encontrar...
Ligue, combinamos almoçar um destes dias. Claro que ouvi: Liga, liga, que te ponho a secar outra vez...
Costumo vir sempre a esta hora. Encontramo-nos para a semana? O meu subconsciente disse: Nunca mais venho nesta carruagem deste comboio! No entanto ouvi: Está combinado!

Estarei a ficar com dupla personalidade?

4 comentários:

  1. Ambos tomaram a Pastilha do Cinismo, o "fármaco" mais comum nos dias que correm...Ainda bem que não utilizo a CP, ufa!

    ResponderEliminar
  2. Está a ficar mais "sabido", vá lá, mais sábio (é da idade) e com uma pontinha de hipocrisia...
    Para uma fingidora, fingidor e meio (digo eu)

    ResponderEliminar
  3. Tela,
    Excelente definição para estas nossas atitudes! E vai-se muito bem no pendular. Agora vou andar prevenido com essas pastilhas...

    Maria Teresa,
    É verdade que cada vez mais a expontaneidade anda arredada... Mas prefiro a explicação das pastilhas!!!

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que gostaste da ideia das Pastilhas! No meu blog, até têm direito a uma etiqueta, devido ao (forçado) elevado consumo...Mais do mesmo!

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio