sábado, 16 de agosto de 2008

Introdução à Astronomia

Já tenho falado (e escrito, uff) tanto sobre a galáxia Ti – U, que me sinto na obrigação de a descrever. Ou pelo menos o sistema Solar de Sossaia-ti, que é o que nos interessa. Este sistema Solar, tem no centro uma estrela, com o nome simbólico de Ti. Dela emana a energia necessária para a vida no maior planeta habitado, o planeta Te-Rra. Este planeta por uso excessivo de recursos naturais tem apenas duas zonas habitadas, duas megacidades, de acordo com os padrões da nossa querida Terra (não confundir com Te-Rra), a Emp-Reza e o Dzem-prego. No que respeita a classes sociais o sistema é confuso. Há a casta dita superior, os autodesignados Ti-Us e os Ou-Tus. Os Ou-Tus são todos os outros que não pertencem a essa teia de conhecimentos e contactos, como os Oliveiras, os Silvas, os Santos, os Ramos, ou Campos com o devido respeito pelos nomes de família. Ninguém perguntará ao Oliveira: o seu paizinho era o Senhor Oliveira, da mercearia na Rua do Lá Vai Um, sem número? No entanto da combinação destes nomes podem resultar perguntas completamente diferentes: Conheci um Oliveira dos Santos que foi director de Private do Banco Tiraatodos-umpouco SA...

Ainda ontem experimentei esta situação e funciona lindamente: O Bernardo S.-O, advogado é seu...Resposta imediata: Primo direito. Podem experimentar que resulta. Se não estiverem absolutamente certos de ter conhecido a pessoa em causa, podem sempre hesitar um pouco (a memória é traiçoeira...).

Os Ou-Tus, também podem passar para a classe dos Ti-Us, por casamento (neste caso vender bem vendido o suor da p.., como dizia com graça um tycoon têxtil do Vale do Ave), com meninas das famílias Ti-U, por súbito enriquecimento ou quando vão morar lugar muito interessante e destacado em Emp-Reza. Nestes casos, para serem mais facilmente aceites, estes novos Ti-us são ainda mais chagas que ou de tradição. São umas pragas, como já referi por várias vezes. É tal tipo do Porto que pede uma “Vica” quando quer que lhe sirvam um café...

Está aí o Verão e tudo vai piorar um pouco. Só de pensar na “rentrée”, já me apetecer ir de férias em Setembro e regressar em Novembro. Novembro também não é bom. São as histórias do ski, mas sempre se aturam melhor.

Boas férias a todos! E até breve...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio