sábado, 4 de julho de 2015

Propriedade comutativa na língua portuguesa



Recentemente, com o já mundialmente famoso José Socretini, tivemos um excelente exemplo de que a Propriedade Comutativa não se pode aplicar à Língua Portuguesa. Refiro-me, claro, à história do preso político.

Claro que com o acordo hortográfico e aquele fabuloso ditado popular de “Novembro à porta, geada na horta”, qualquer coisa é válida. Imagine-se: “Novembro sem amigo na Assembleia, político na cadeia” ou, este, especialmente concebido por um Algarvio: Novembro em casa com açoteia, político na cadeia”…

O acordo hortográfco entra também em situações do género: “ à anos bons e anos maus”. Ora desde que esse famigerado e falso acordo entrou em circulação que o número de erros aumentou brutalmente. Sendo o Socretino típico um acérrimo defensor do acordo, dirá que o “´à”  está correctamente aplicado na frase anterior, porque não há anos bons, se não estiver o amigo x, y ou z no poleiro…

Quando disse que era um preso político, na realidade a mente prodigiosa do Socretini, sempre a pensar em manigâncias, foi arrastada por uma vontade de fazer teoria sobre a linguística, aplicando a propriedade comutativa, apesar do Tio já por várias vezes ter escrito sobre o tema.
O que ele pretendia ter dito é que era um “político preso” e não um “preso político”, como é óbvio desde o princípio. Quanto ao ter sido engavetado para prejudicar o António Lombo nas eleições, é mais um desvario. O António Lombo não precisa de ajuda para se prejudicar. Basta deixá-lo falar que ele prejudica-se a si mesmo…

5 comentários:

  1. Para começar sou a Isa, nunca deixo um dito anónimo sem esclarecer quem sou, a razão é simples... não vale a pena deixar link para um blogue que está parado mas, quando posso, vou andando por aí, lendo e escrevendo alguns comentários se me apetecer... porque tirando o que é mesmo obrigatório ou sem escapatória como, por exemplo, ser taxada até morrer... no resto, passei só a fazer o que me apetece :) Portanto é só para saber... que o Tio ainda vai escrevendo umas coisas que me fazem sorrir... coisa difícil nos tempos que correm :)
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isa!
      Obrigado pela visita. Tenho estado moribundo, falando metafóricamente, claro (uff), mas estou a tentar regressa à vida activa. Esta factura que todos pagamos parece não ter fim, foi o que levou ao estado quase cataléptico de onde me forcei a regressar. E o blog dos cozinhados?
      E ainda bem que te fiz rir. É para isso que cá estou! ;-)
      Beijinho

      Eliminar

  2. Gosto de tudo o que tu escreves (desde que eu entenda, claro... pois como sou uma pessoa que liga muito poucos às "tricas" políticas e feitas pelos políticos, muita coisa acaba por me passar "por cima") mas deste post gostei especialmente. :))

    Beijos bons... ou se preferires... bons beijos
    (^^)

    ResponderEliminar
  3. Afrodite,
    Deixas.-me quase corado...A realidade se fosse virtual tinha mais graça. Assim "virtualizo-a" para a tornar mais suportável e mais divertida!
    Beijos bons e bons beijos, adorei. E retribuo, a dobrar ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Apenas me limitei a utilizar (com muito prazer, diga-se) a propriedade comutativa! :))

      Eliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio