domingo, 23 de setembro de 2012

Vento, casamento e exemplo…



8 comentários:

  1. É uma tristeza, os pobres têm mesmo que se portar bem porque, só se houver dinheiro para pagar cauções exorbitantes e advogados XPTO, se arranja maneira de poder continuar a apanhar ar fresco.
    Lá ou cá o regabofe é todo igual.

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa,
      Entretanto libertaram-no, claro. E prenderem outro vereador. Não sei se também já o libertaram. É uma questão de horas...
      :-(
      Bjs

      Eliminar
  2. Resultado, é melhor não sair de casa :)

    beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  3. Cá nem era preciso caução, o crime prescrevia antes dele ser interrogado.

    ResponderEliminar
  4. Para crimes de corrupção, como foi o caso, nem devia de haver cauções...
    Pelo que de Espanha, nem bom vento nem casamento nem exemplo!

    Com excepção para o que hoje os madrilenos nos deram. Vieram para a rua e toca de se manifestar contra o governo. Embora eu não concorde com os distúrbios causados, pelo menos não se calam nem dão moleza...

    Um beijo, Tio.

    PS. Não haverá engano com o seu ano de nascimento lá no FB? 1908? Impossível!:))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, penso da mesma forma. Houve tempos em que não eram assim! A corrupção era bem castigada.
      E lá as manifestações, são mais a sério, são...
      Bjs

      Sim Janita, apesar de bem conservado, não sou de 1908 ;-)

      Eliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio