terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A galinha, o ovo, o sexo e a empresa

O que nasceu primeiro, a galinha ou o ovo? Era uma daquelas perguntas de algibeira, dilema terrível a que tínhamos que responder na brincadeira. Meio a sério, meio a brincar, mas não havia nenhuma resposta certa. Qualquer uma delas era errada …

Depois surgiram as conversas sobre sexo. Da descoberta, às experiências, ao Freud e às pulsões (aproveito para dizer que continuo a não acreditar no Thanatos), ao reviver, aos sonhos, desejos, fantasias, fetiches.

Mais tarde, participei em conversas profundas e supostamente interessantes e importantes sobre o sexo dos anjos. Longas, pesadas ou não, absolutamente inconclusivas, como as primeiras sobre as galinhas e os ovos, só que desta vez no universo das empresas.

Hoje, depois de todos estes anos de conversa fiada, sintetizo as conclusões:

1. Quem nasceu primeiro, foi o pintainho. Cresceu, tornou-se galinha e põe ovos.

2. Sobre o sexo e a empresa: Seja qual for a posição, estamos todos bem F….

Às vezes penso que exagero nas minhas sínteses, mas desta vez não…

8 comentários:

  1. No mundo actual nada do que parece é...primeiro nasceu a empresa que criou o sexo, com este fomos todos f..., a partir daqui começaram a surgir os ovos que deram origem às galinhas que andam a cacarejar sem descanso... e eis que se constituem em galinheiro, aquele em que todos vivemos, atolados até ao pescoço de m...
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar
  2. MAria TEresa,
    Muito melhor essa sua história, com os mesmos ingredientes!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Nã o vejo exageros nem na análise nem na síntese...

    Está aberto o aeroporto?

    lol

    ResponderEliminar
  4. às vezes estamos mesmo só f... e não bem f... o que podia fazer toda a diferença ;)

    ResponderEliminar
  5. M.,
    Aeroporto aberto e com muitos voos, assim espero!
    :)

    ResponderEliminar
  6. Isto tem tudo a ver com a túnica dos anjos, a chamada Daka... ninguém se atreve a levantar nenhuma e assim, ficamos na dúvida... Mas... se os anjos que caiem em tentação ficam a chamar-se anjos caídos... se calhar, sempre terão alguma coisa que os deixou cair em tentação... ou seja... só vendo debaixo do pano é que se poderia ter a certeza... do que por lá anda... seja nos anjos ou nas empresas e aí tem razão... das duas maneiras, os mortais acabam... ;))

    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Isa,
    Nunca tinha visto este tema desse ponto de vista, mas tens toda a razão. Já dizi o Ney Matogrosso:´`e debaixo do pano..
    ;)
    Bjs

    ResponderEliminar

Hmmm! Let's look at the trailer...

Siga o Tio pelo e-milio